(projecto de auto-retrato)

Sou baixo,
peso demais,
não muito,
mas com uma barriginha visível.

Gosto de cantar,
no chuveiro e fora dele

Sou amigo de amigo
e de muito que não sabe que sou amigo
Faltam-me dentes (…
imensos)

Gosto de rir
Vejo mal ou menos bem

Mas vejo cousas que nem todos vêem…
porque não querem,
ou não sabem olhar
a injustiça
e a obscena pobreza
que grassa num mundo
tão rico

Vivi muito
Passei mal
Cai
Levantei
– com a ajuda de amigos

Cá vou andando,
com a cabeça entre as orelhas,
remando contra a maré,
navegando à bolina
em busca do porto de abrigo
de onde eu possa recomeçar,
ou simplesmente descansar

Não desisto de ser livre
na extensão da liberdade
de todos os que não sabem que o não são

Sou assim

Complicado e simples

É neste chão de vida,
turbulenta e fascinante
que me inscrevo…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s