Socialismo Revolucionário

Os estivadores continuam a sua luta pelo trabalho com direitos contra a ofensiva dos patrões. Depois dos operadores portuários anunciarem ontem um despedimento colectivo sob o pretexto inqualificável da greve ter parado a actividade portuária, hoje voltaram a demonstrar que não olham a meios para atingir os seus fins e não se coibiram de chamar a polícia, com a anuência do Estado, para que fossem colocados trabalhadores externos ao serviço sem pedido de serviços mínimos, numa tentativa sem escrúpulos de furar a greve. Este ataque sem base legal é bem demonstrativo do ponto a que chegámos. Os trabalhadores apenas exercem o seu direito constitucional à greve e os patrões querem proibi-lo! A este propósito, convém recordar que, por um lado, os estivadores fazem greve às horas extraordinárias; por outro lado que as empresas da estiva escalam trabalhadores da empresa paralela com salários miseráveis em todos os turnos para que possam…

View original post mais 284 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s