Caro Pedro

Desejas-nos Boas Festas enquanto, e sabes bem, mergulhas o país ainda mais fundo numa crise social onde o império do Capital esmaga todo e todos.

Porque não passas, por muito que o voto te tenha dado uma aura democrática, do serventuário de outros interesses que não os do que te elegeram, pois que não votaram, nem esses que votaram no teu partido, no massacre social que conduzes em nome dos especuladores e banqueiros.

Está descansado, poderei olhar a minha filha olhos nos olhos e dizer-lhe que sim, o sacrifício que hoje fazemos terá os seus frutos.

Porque me empenho totalmente em derrotar-te politicamente.
Porque procuro, nessa derrota, construir uma sociedade virada para as necessidades da minha filha, dos filhos de todos e não dos lucros da minoria especuladora e parasitária a que serves. Uma sociedade com verdadeira Democracia e não o arremedo que hoje nos ofereces da imposição da austeridade sem fim para milhões, para salvaguardar os bens e lucros dos milionários.

Outra atitude e minha filha poderiam perguntar-me um dia: “Que fizeste pai, para me defender da miséria a que o Pedro e os seus patrões me condenaram?”

Respeitosamente

Francisco d’Oliveira Raposo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s