Neste mês de cravos
e no que vem,
de rubras papoilas,
encontremos forças e braços
para resistir e dizer Não!
…Assim, num rio de vontades,
que cresce de uma razão profunda,
da utopia de uma terra sem amos,
da comunhão solidária de uma vida
digna de ser vivida.
Gota a gota, faremos o nosso rio.
Não nos rendemos!
Um dia, num mês qualquer,
reviveremos Abril,
e Outubro e
a Vida!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s